PEPIS – Cursos e Oficinas

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO PELA ARTE – PEPIS
Projeto Educativo e Pedagógico de Intervenção Social

As expressões são, antes de mais nada, as manifestações mais belas que podem traduzir a palavra “Vida”, não há nada mais que nos interessa de facto, do que tudo aquilo que faz parte da vida, no mais amplo significado da palavra. Este será sempre o nosso ponto de partida. Ao levar crianças e jovens a adquirir conhecimentos de linguagem dramática e corporal, eles têm a oportunidade de se expressarem explorando o corpo e a voz, mas sobretudo o coração. E sobre o coração, falamos de vivências, memórias, sentimentos, emoções, sonhos, amor, união e partilha entre crianças e Jovens. Por considerarmos importante a partilha destes valores na nossa sociedade, achamos totalmente pertinente criar e desenvolver projetos educativos que coloquem a Expressão Dramática ao serviço da educação, daí pretendermos desenvolver esta área com as crianças e jovens de Leiria, nomeadamente com a criação de turmas e a sua continuidade ao longo de três anos letivos. Com isto, estaremos a promover a cultura da nossa região e a proporcionar encontros artísticos e educativos em que as crianças podem por exemplo, presentear os seus familiares e amigos com uma dramatização, e os jovens com um espetáculo para a comunidade.

É necessário que as nossas turmas sejam capazes de fornecer os apetrechos indispensáveis, para que todos nós nos sintamos aptos a acompanhar um mundo que está em permanente mutação, colocando-lhes sempre novas e maiores exigências. Tudo isto, através da Arte.

Para agitar pensamentos e para a arte dramática ser apreciada com um novo olhar, não basta a apresentação de espetáculos. É necessário um projeto, um programa pedagógico sincero e consciente que envolva os nossos jovens, famílias, comunidade, e sobretudo a nossa herança cultural.

As Oficinas, que aqui apresentamos, são parte de um projeto de formação contínua pelas artes que interage sobretudo com a Expressão Dramática, Corporal e Teatro. Estas, para além de motivarem os jovens às artes performativas e ao ensino artístico, têm o propósito único e singular de criar encontros. O que distingue estas oficinas de muitas outras é o ato de trocar, dar e receber. É um grupo de crianças e jovens que partilham entre si puros momentos de vida, onde tudo aquilo que está escondido nos cantos mais infinitos da alma ganha música, corpo e sentido. Com isto, será que as nossas crianças vão olhar o mundo e a vida de uma outra forma?
A génese do PEPIS encontra-se na preocupação pedagógica/artística de dar a conhecer os diferentes processos de criação e investigação, para que a Educação Artística, formal e informal, possa evoluir e renovar-se – não unicamente nos meios escolares, mas também na sociedade que a acolhe e a alimenta.
O ensino artístico no enquadramento pedagógico e na formação ao longo da vida, confronta o indivíduo com as exigências de uma sociedade cognitiva. O teatro e outras áreas artísticas facultam a transmissão de saberes, as quais adquirem um papel determinante na formação do indivíduo de forma a per eber e interpretar o mundo envolvente.
Um encontro entre a arte e a comunidade permite às crianças e aos jovens estarem em condições de reconhecer os elementos externos, construir a partir deles, apresentar um trabalho artístico e no fim, debatê-lo. Este encontro é uma união entre o mundo interior, o individual, e a proposta que vem do exterior. E isto permite descobrir e enriquecer as nossas raízes sociais, favorecendo a cultura e o desenvolvimento da pessoa, do cidadão.

A base deste projeto educativo está não só na comunhão com a arte, mas no despertar de uma ligação com a nossa bela e rica região, para daí desabrocharmos. É a criação de um cidadão com a capacidade de ação cívica na comunidade envolvente.

Anúncios